Segunda-feira
20 de Novembro de 2017 - 
Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado! (Rui Barbos ...
Viver significa lutar.(Seneca)
O mal não pode vencer o mal. Só o bem pode fazê-lo. (Leon Tolstoi)

Visitas por email

Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Belém, PA

35ºC
23ºC
Pancadas de Chuva

Terça-feira - Belém,...

35ºC
24ºC
Pancadas de Chuva

Quarta-feira - Belém,...

35ºC
25ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Belém,...

35ºC
25ºC
Poss. de Panc. de Ch

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,28 3,28
EURO 3,87 3,87
IENE 0,03 0,03
LIBRA ES ... 4,32 4,33

Judiciário institui certificação para reconhecer cumprimento de metas

Com o objetivo de conceder reconhecimento e fomentar o desenvolvimento contínuo da qualidade à prestação jurisdicional, o Poder Judiciário do Tocantins criou o Selo “Pacto pela Produtividade”. A Portaria nº 2559, que institui a premiação, foi assinada pelo presidente do TJ, desembargador Eurípedes Lamounier, e publicada no Diário da Justiça da última quinta-feira (18/5). O mérito integra uma das metas da Gestão 2017/2019 que prioriza a redução da taxa de congestionamento processual por meio do meio da concentração de esforços de magistrados e servidores para a disponibilização de uma Justiça humanizada, de acesso amplo, célere e efetiva aos jurisdicionados. O “Selo pela Produtividade” será concedido às unidades de 1º Instância que cumprirem a Meta 1 do Conselho Nacional de Justiça e o Índice de Prestação ao Jurisdicionado (IPJ-TJTO). A apuração dos números para a concessão do Selo será anual, em 31 de dezembro, e a entrega será realizada em janeiro, em conformidade com o calendário do Sistema Justiça em Números. O desempenho será avaliado pelo grau de cumprimento dos critérios estabelecidos. Para a Meta 1 que estipula julgamento de uma quantidade maior de processos de conhecimento do que os distribuídos no ano corrente, será aplicada a seguinte classificação: As unidades que cumprirem 100% da Meta receberão o Selo Bronze. Para aquelas que atingiram entre 101 e 110%, será concedido o Selo Prata. As unidades que cumprirem 111 e 120% receberão o Selo Ouro. Já aquelas que atingirem acima de 120% será concedida a categoria máxima do mérito com o selo Diamante. Para o indicador referente ao Índice de Prestação ao Jurisdicionado, a classificação seguirá basicamente o mesmo critério: O cumprimento do IPJ será medido pelo desempenho da unidade em baixar quantidade igual ou maior de processos do que os distribuídos no ano corrente, apurado pela pisão entre o número integral dos processos baixados pelo número integral de processos distribuídos. As unidades que alcançarem 100% recebem o Selo Bronze. As que atingirem entre 101 e 105% receberão o Selo Prata. Já os Selos Ouro e Diamante ficarão para as unidades que cumprirem 106 e 110%, e acima de 110%, respectivamente.
19/05/2017 (00:00)
Acessos  916677
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.