Terça-feira
22 de Agosto de 2017 - 
Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado! (Rui Barbos ...
Viver significa lutar.(Seneca)
O mal não pode vencer o mal. Só o bem pode fazê-lo. (Leon Tolstoi)

Visitas por email

Bolsa de Valores

Bovespa -0,12% . . . .
NASDAQ -0,05% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Belém, PA

35ºC
24ºC
Pancadas de Chuva

Quarta-feira - Belém,...

31ºC
23ºC
Pancadas de Chuva a

Quinta-feira - Belém,...

33ºC
21ºC
Pancadas de Chuva

Sexta-feira - Belém, ...

33ºC
21ºC
Poss. de Pancadas de

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,14 3,14
EURO 3,71 3,71
IENE 0,03 0,03
LIBRA ES ... 4,06 4,06

Manchetes jurídicas

Advocacia pernambucana alcança conquista histórica com a sanção da lei que fixa o piso remuneratório da categoria

O governador Paulo Câmara sancionou no início da noite desta sexta-feira (11) a lei que fixa o piso remuneratório de advogados e advogadas em Pernambuco. O ato no Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado, no Recife, foi acompanhado pelo presidente da OAB Pernambuco, Ronnie Preuss Duarte – que, no início do ano, encaminhou ao Poder Executivo o anteprojeto de lei criando o valor mínimo de remuneração da categoria. Com isso, profissionais com jornada semanal de 20 horas receberão pelo menos R$ 2 mil mensais. Quem tiver carga horária de 40 h ganhará a partir de R$ 3 mil. O diretor do Conselho Federal da OAB, Ibaneis Rocha, esteve presente na solenidade, assim como toda a diretoria da Ordem no estado – o vice-presidente Leonardo Accioly, o secretário geral Fernando Ribeiro Lins, a secretária geral adjunta Ana Luiza Mousinho e a diretora tesoureira Silvia Nogueira. Também compareceram o diretor-geral da ESA-PE, Carlos Neves, o presidente da Caape, Bruno Baptista, e os ex-presidentes da entidade Henrique Mariano e Jayme Asfora. “Hoje a palavra é, sobretudo, de gratidão. Num dia simbólico para a advocacia de todo o Brasil, somos presenteados com uma grande conquista que vinha sendo acalentada há mais de dez anos, tendo se iniciado na gestão do presidente Jayme Asfora e perpassando as dos presidentes Henrique Mariano e Pedro Henrique Reynaldo Alves. Só agora, graças à sensibilidade do governador, ao empenho do deputado estadual Rodrigo Novaes e à sensibilidade e à atenção do presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchôa, damos mais um importante passo no sentido da valorização da advocacia e do combate à precarização das condições de trabalho da categoria”, disse Ronnie Duarte. Segundo o presidente da OAB-PE, a sanção foi um grande presente pela passagem do Dia do Advogado e da Advogada. “A advocacia pernambucana não poderia ter recebido maior deferência por parte dos poderes Executivo e Legislativo na concretização desse sonho. Agradeço penhoradamente e prestando o eterno tributo de gratidão da classe em razão desse importante gesto que partiu do Governo do Estado”, completou. Paulo Câmara afirmou que a lei estabelecendo o piso remuneratório é fruto de um processo de discussão no âmbito da OAB-PE, consolidada com a sensibilidade do presidente Ronnie Duarte e muito bem trazida e defendida no âmbito dos poderes Executivo e Legislativo. “Era preciso fazer um projeto de lei conectado com os anseios da classe e, ao mesmo tempo, com os destinos que queremos da advocacia pernambucana e da brasileira. Como a própria Constituição diz, o trabalho da classe é indispensável. Ele também é imprescindível e muito importante para que o Estado Democrático de Direito funcione como deve, cabendo a todo mundo o seu direito de defesa e de pleitear a justiça”, afirmou. O governador declarou que estava feliz em participar de um momento histórico para a categoria. “Com a ajuda de todos nós, temos conseguido mostrar e dar exemplo de que é possível fazer as coisas com paciência, serenidade e diálogo, criando condições de avançar e buscar o melhor pelo nosso povo. A OAB tem tradição de lutar por causas justas, pela democracia e contra injustiças e cumpre cada vez mais o seu papel de defender o cidadão. Esperamos colaborar para ter uma instituição mais forte, que possa representar cada vez melhor a população do nosso estado, dando condições de trabalho aos seus membros, os advogados e advogadas, e contribuindo por um Pernambuco melhor, mais justo e democrático”, completou. A assinatura do documento foi prestigiada pelos conselheiros federal Gustavo Ramiro e seccionais Filipe Lobato e Maximiano Maciel Neto, os presidentes das Subseções de Ipojuca, Petrolina e Vitória de Santo Antão – respectivamente Jarlenira Araújo, Alexandre Torres e Washington Macedo -, e a coordenadora da ESA-PE Lorena Guedes. A cerimônia ainda teve como participantes o vice-governador Raul Henry, o deputado Guilherme Uchôa, os secretários estaduais Antônio Figueira (Casa Civil) e Iran Costa (Saúde), o procurador-geral de Pernambuco, André Caúla Reis, a vice-presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Pernambuco (APPE), Taciana de Castro, e outros membros da gestão. No fim da solenidade, Ronnie Duarte agraciou Paulo Câmara com uma placa alusiva aos 85 anos da OAB-PE como forma de agradecimento pela sua sensibilidade e apoio nas questões que envolvem a advocacia pernambucana. Após a sanção, a lei seguirá para publicação no Diário Oficial do Estado.
12/08/2017 (00:00)
Acessos  891022
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.