Sábado
22 de Julho de 2017 - 
Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado! (Rui Barbos ...
Viver significa lutar.(Seneca)
O mal não pode vencer o mal. Só o bem pode fazê-lo. (Leon Tolstoi)

Visitas por email

Bolsa de Valores

Bovespa -0,39% . . . .
NASDAQ -0,04% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Belém, PA

32ºC
23ºC
Pancadas de Chuva

Domingo - Belém, PA

31ºC
23ºC
Pancadas de Chuva

Segunda-feira - Belém...

31ºC
23ºC
Poss. de Pancadas de

Terça-feira - Belém,...

34ºC
22ºC
Pancadas de Chuva

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,13 3,13
EURO 3,64 3,64
IENE 0,03 0,03
LIBRA ES ... 4,05 4,05

Manchetes jurídicas

Assembleia Legislativa homenageia quatro juízes da área da Infância e da Juventude do TJRN

Quatro juízes da Justiça estadual com atuação na área da Infância e Juventude foram homenageados pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, na manhã desta sexta-feira (19). A magistrada Ilná Rosado, da Vara da Infância e Juventude de Parnamirim, recebeu o título de cidadã norte-rio-grandense. Os juízes José Dantas de Paiva, Sérgio Maia e Homero Lechner, respectivamente da 1ª, 2ª e 3ª Varas da Infância de Natal, e a juíza Ilná foram agraciados com placas de reconhecimento ao trabalho desempenhado diariamente ao longo de muitos anos, nesta área. A solenidade contou com a presença do presidente em exercício do Tribunal de Justiça, desembargador Gílson Barbosa. O título entregue à juíza foi uma proposição do deputado Jacó Jácome, que presidiu a sessão de homenagem. Também estava na mesa, a deputada Larissa Rosado. As placas homenageiam o trabalho dos magistrados no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. Para o juiz Homero Lechner este é um reconhecimento da sociedade de que os juízes estão trabalhando de forma dedicada a esta causa. “Não fazemos nosso trabalho para receber homenagens mas é gratificante este retorno das instituições quanto a nossa atuação para garantir os direitos das crianças e adolescentes e no combate à violação desses direitos”, destaca o magistrado.
19/05/2017 (00:00)
Acessos  882977
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.