Sábado
23 de Setembro de 2017 - 
Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado! (Rui Barbos ...
Viver significa lutar.(Seneca)
O mal não pode vencer o mal. Só o bem pode fazê-lo. (Leon Tolstoi)

Visitas por email

Bolsa de Valores

Bovespa -0,28% . . . .
NASDAQ 0,07% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Belém, PA

35ºC
24ºC
Pancadas de Chuva a

Domingo - Belém, PA

33ºC
23ºC
Poss. de Panc. de Ch

Segunda-feira - Belém...

33ºC
24ºC
Poss. de Panc. de Ch

Terça-feira - Belém,...

33ºC
24ºC
Pancadas de Chuva a

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,13 3,13
EURO 3,74 3,74
IENE 0,03 0,03
LIBRA ES ... 4,23 4,23

Manchetes jurídicas

Carreta da Justiça finaliza trabalhos em Bodoquena e segue para Caracol

Esta semana, a Carreta da Justiça esteve em Bodoquena para atender as demandas da população daquela comarca. De acordo com o juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira, que responde pela unidade móvel da justiça, mais de 500 pessoas foram atendidas em quatro dias de trabalho. Na segunda-feira (17), antes de começar o dia de atendimentos, Luiz Felipe concedeu entrevista à Rádio Comunitária de Bodoquena para esclarecer quais serviços estavam disponíveis, os documentos necessários e para lembrar que esta seria uma ótima oportunidade para os casais regularizarem sua situação civil. À noite, antes do início da sessão plenária, os vereadores de Bodoquena reuniram-se com o juiz para que ele explicasse detalhadamente o funcionamento da Carreta da Justiça, que ficou à disposição no Auditório Mário Brother – Memorial Serra da Bodoquena para resolver as demandas judiciais da população bodoquenense. As ações disponibilizadas na Carreta da Justiça abrangem matérias jurídicas cíveis e criminais como conversões e reconhecimentos de união estável em casamento, acordos cíveis, peticionamentos de iniciais do juizado, casos de guarda, alimentos e visitas, reconhecimento de paternidade, coletas de DNA, além de atendimentos do Ministério Público e da Defensoria Pública estadual. “Foram 44 ações distribuídas, duas audiências realizadas, 43 casamentos, dois pórcios, dois pedidos de alimentos e uma coleta para exames de DNA, além de informações processuais, atendimentos da Defensoria Pública e da Promotoria, 124 orientações gerais, enfim, pudemos atender a população em suas demandas. Fomos muito bem recebidos e superamos as expectativas, atingindo as metas”, disse o juiz.A próxima comarca a receber a unidade móvel será Caracol. De 24 a 28 de abril, a Carreta da Justiça ficará estacionada em frente a prefeitura. Os trabalhos começam às 9 horas. Separe seus documentos e utilize os serviços disponibilizados. Até o momento, a Carreta da Justiça percorreu as comarcas de Rochedo, Corguinho, Taquarussu, Antônio João, Guia Lopes da Laguna e Aral Moreira, cidades onde o atendimento chegou a 10% da população local. Além disso, uma parceria com a juíza Jacqueline Machado, da 3ª Vara de Violência Doméstica e Familiar da Capital e coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, levou a unidade móvel para os distritos de Rochedinho e Anhandui – locais em que o atendimento focou o fim de qualquer tipo de violência contra a mulher. Ressalte-se que o presidente do Tribunal de Justiça, Des. Divoncir Schreiner Maran, desde o início, não mediu esforços para alcançar o maior número possível de comarcas no menor tempo, fazendo da celeridade uma constante.
20/04/2017 (00:00)
Acessos  900835
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.