Sábado
22 de Julho de 2017 - 
Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado! (Rui Barbos ...
Viver significa lutar.(Seneca)
O mal não pode vencer o mal. Só o bem pode fazê-lo. (Leon Tolstoi)

Visitas por email

Bolsa de Valores

Bovespa -0,39% . . . .
NASDAQ -0,04% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Belém, PA

32ºC
23ºC
Pancadas de Chuva

Domingo - Belém, PA

31ºC
23ºC
Pancadas de Chuva

Segunda-feira - Belém...

31ºC
23ºC
Poss. de Pancadas de

Terça-feira - Belém,...

34ºC
22ºC
Pancadas de Chuva

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,13 3,13
EURO 3,64 3,64
IENE 0,03 0,03
LIBRA ES ... 4,05 4,05

Manchetes jurídicas

Estudantes da Faculdade Pio X fazem visita ao TRE-SE

Na tarde do dia 18 (quinta-feira), o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) recebeu alunos do 7º período do curso de Direito da Faculdade Pio Décimo. Na ocasião, os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer as instalações do Tribunal, saber um pouco da história da instituição e esclarecer dúvidas sobre o funcionamento da Justiça Eleitoral.O Des. Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima registrou em ata a presença dos discentes e cordialmente os saudou durante a sessão de julgamentos do Colegiado. Além de assistir a sessão, os acadêmicos visitaram a Secretaria Judiciária e o CEMEL - Centro de Memória Eleitoral Des. José Antônio de Andrade Goes.O servidor da Seção de Arquivo Heribaldo Vilanova Silveira foi responsável por acompanhar os universitários no CEMEL, oportunidade em que explanou sobre a evolução da Justiça Eleitoral, da urna e do título de eleitor, constituições brasileiras, eleições presidenciais e de governadores de Sergipe.Segundo Antônio Soares Silva Júnior, coordenador de Estágios da Faculdade Pio Décimo e responsável pelo acompanhamento dos alunos, a iniciativa contempla a formação não somente na parte teórica, mas também na prática.“Quando promovemos visitas aos órgãos, temos o objetivo de que o formando absorva um pouco da realidade do judiciário sergipano, sua história, competências e do que eles promovem em prol da cultura jurídica em nosso Estado”, disse o coordenador.Para o estudante Bruno Andrade Simões, a experiência de visitar o Tribunal foi muito rica, principalmente em razão da possibilidade de ver de perto a diferença e melhoria no processo de votação. “Durante a visita observei um tipo de urna que não conhecia. Fiquei imaginando como era a votação naquela época, sendo que hoje é totalmente diferente, mais tecnológica e sistematizada. Uma evolução incrível”, afirmou.
19/05/2017 (00:00)
Acessos  882965
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.