Domingo
28 de Maio de 2017 - 
Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado! (Rui Barbos ...
Viver significa lutar.(Seneca)
O mal não pode vencer o mal. Só o bem pode fazê-lo. (Leon Tolstoi)

Visitas por email

Bolsa de Valores

Bovespa 1,36% . . . .
NASDAQ 0,08% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Belém, PA

33ºC
25ºC
Pancadas de Chuva

Segunda-feira - Belém...

30ºC
23ºC
Nublado e Pancadas d

Terça-feira - Belém,...

30ºC
23ºC
Pancadas de Chuva

Quarta-feira - Belém,...

31ºC
23ºC
Nublado e Pancadas d

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,26 3,26
EURO 3,64 3,64
IENE 0,03 0,03
LIBRA ES ... 4,17 4,17

Manchetes jurídicas

Para o STJ, novo CPC não extinguiu a figura do ministro revisor em seus processos

Apreciando questão de ordem suscitada pelo Ministro Mauro Campbell Marques, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que as mudanças introduzidas pelo novo Código de Processo Civil (Lei n. 13.105/15) não eliminaram a figura do ministro revisor nas ações rescisórias processadas originariamente no âmbito do STJ. Segundo a Corte Especial do STJ, o revisor continua a existir nas ações rescisórias, revisões criminais e ações penais de competência originária do Tribunal Superior, pois permanece em pleno vigor o artigo 40 da Lei n. 8.038/90. “Embora o CPC/2015 tenha suprimido a revisão como regra geral no processo civil e tenha também revogado explicitamente persos preceitos da Lei 8.038/90, não o fez quanto ao artigo 40, que permanece em vigor e, por isso, as ações rescisórias processadas e julgadas originalmente no Superior Tribunal de Justiça continuam a submeter-se a tal fase procedimental”, argumentou o Ministro Mauro Campbell Marques. .
21/04/2017 (00:00)
Acessos  869948
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.